Você sabe o que comer antes e depois de seu treinamento com pesos?

De volta para Blog
Você sabe o que comer antes e depois da musculação?

Você sabe o que comer antes e depois de seu treinamento com pesos?

A fonte de alimentação é essencial para quem quer atingir os objetivos do treino. Aqui estão algumas dicas para construir o seu menu para você.

Muitas pessoas acham difícil para atingir seus objetivos, se é para queimar gordura ou ganhar massa muscular magra, e na maioria das vezes o problema é com a fonte de alimentação. Saiba o que comer antes e após o treino, faz um mundo de diferença, de modo que você é capaz de conquistar o corpo dos sonhos. Combinar uma boa dieta com uma rotina de treino é o segredo de seu sucesso, não só esteticamente, mas também para garantir a saúde de seu corpo.

Como você provavelmente pode imaginar, não são apenas qualquer tipo de alimentos que você pode consumir antes ou depois de um treino. Há um par de dicas muito úteis (e simples) que podem ajudar você a queimar gordura e ganhar mais massa muscular magra, além de garantir uma dieta mais saudável para aqueles que querem praticar o treinamento de peso. Vamos começar falando sobre o que você come antes do treino.

Comendo um pré-treino

O que o corpo precisa, antes de ir para o ginásio, ou fazendo qualquer tipo de atividade física, é a energia. Se você não alimentar o seu corpo, você vai acabar queimando massa muscular magra durante todo o ano. Ou seja, você vai perder, só que você não quer para os músculos, fazendo com que a gordura para manter abastecido lá.

Para dar ao seu corpo o combustível que necessita para gastar durante um treino, você precisa comer carboidratos para cerca de 30 ou 40 minutos antes do seu treino. Aqui, deve ser tomado para evitar proteína e alimentos gordurosos, o que pode causar tonturas durante a prática de atividade física. Você deve preferir os alimentos mais leves, como biscoitos e pães refinados ou não, eles ficam menos tempo no estômago, e ajuda a fornecer a energia necessária para o treino.

Cerca de 30 a 40 minutos antes do exercício para evitar que as proteínas no leite, iogurte, queijo, gorduras (banha, manteiga). Alimentos com fibras também deve ser evitada, tais como granola e barras de cereais. Isso porque os alimentos com muita fibra para evitar a rápida absorção dos hidratos de carbono, que é necessária para a atividade física que você vai conseguir.

Mas se você pode obter uma refeição por cerca de uma hora e meia antes do treino, sua dieta pode ser outro. Com um intervalo de tempo que você pode investir em proteínas, como carnes, aves ou ovos, que são essenciais para a manutenção do corpo. Aqui, também é possível combinar algumas das carboidratos, como frutas, pães e bolachas integrais.

Para aqueles que não têm muito apetite, no pré-treino, e se você não alimentá-lo corretamente, você terá a opção de prêmios. Mas tenha em mente, antes de começar a fazer uso de qualquer tipo de suplementação, é importante consultar um médico ou de um nutricionista. Não há uma receita geral para todo mundo, porque cada pessoa tem um organismo que se comporta de uma determinada forma.

Para resumir:

    A nutrição pós-treino

    Se o seu objetivo é ganhar massa muscular, a dieta pós-treino é tão importante como a comida pré-treino. Naquele tempo, a proteína na volta para o papel principal na dieta. Durante a prática de atividade física, os músculos sofrem microlesões, e as fibras começam a reparar-se imediatamente após o fim do treino. Portanto, para que as fibras musculares se regenerar e crescer, eles precisam obter a proteína, e uma nova dose de informação.

    Esta é uma combinação de um carboidrato com uma proteína deve ser, em média, uma proporção de dois para um. Isto é, cerca de 20 gramas de hidratos de carbono de 10 gramas de proteína. Por exemplo: pão com a turquia e queijo, iogurte com granola e uma peça de fruta; um copo de leite com um pedaço de pão com creme de queijo; ou um dos alimentos fibrosos, neste momento, eles também são bem-vindos para participar.

    Uma dieta para cada objetivo

    Para ser capaz de atingir o seu objetivo mais rapidamente, é necessário ter uma rotina de atividade física, e de alimentos, em particular. Por exemplo, se seu objetivo é perder peso na sua rotina de dieta deve ser diferente para alguém que está procurando maneiras de aumentar o ganho de massa muscular magra, o que por sua vez vai ser diferente daqueles que só querem manter um peso saudável e definir os músculos.

    Outro problema é que ele faz a diferença-eles estão o tempo todo. Dá a oportunidade para ajustar a dieta de acordo com sua necessidade específica. Quem malha na parte da manhã, por exemplo, você vai precisar de uma fonte de alimentação para o pré e pós-treino, o que é muito diferente daqueles que ir para a academia na hora do almoço ou à noite. É claro que para ter uma dieta somente, você precisa consultar com um médico ou um nutricionista, o que é perfeito para a sua saúde.

    No entanto, para aqueles que não são capazes de investir na consulta, seguindo as dicas que nós demos acima irá ajudá-lo e orientá-lo para criar o seu próprio menu. Tenha em mente que quanto mais energia você queima durante a atividade física, mais energia você terá que levá-los.

De volta para Blog