Tudo o que você precisa saber sobre BCAA

De volta para Blog

Tudo o que você precisa saber sobre BCAA

BCAA é a abreviação de Aminoácidos de Cadeia ramificada, que, em português, significa “aminoácidos de cadeia ramificada”. Em sua composição, são a leucina, isoleucina e valina, que são aminoácidos que não são produzidos pelo corpo.

A ingestão de

Cerca de 35% dos músculos são compostos por estes aminoácidos e, embora a tarefa de comer a dose necessária por dia deles, não é difícil, consome-os na forma de suplementos, ao longo de todas as sessões, pode trazer benefícios para quem pratica exercício físico intenso e prolongado.

Benefícios

O consumo destes componentes acelera a queima de gordura subcutânea, ajuda na formação do tecido muscular e, ao mesmo tempo, retarda os processos de destruição do existente tecido – melhora o metabolismo e regula o processo de transformação de gordura em energia. Portanto, o Bcaa tem uma influência positiva sobre o ganho de músculo.

BCAA versus o catabolismo

Quando o organismo necessita de um fluxo contínuo de aminoácidos na corrente sanguínea e não encontrar, ele recebe-lo pela quebra do tecido muscular. Isso gera perda de massa muscular. Esse fenômeno, que pode ser desencadeada pela atividade física intensa, dá-se o nome de catabolismo. Para evitar o problema e ainda promover a síntese de proteínas, os mecanismos envolvidos nestes processos devem ser estimuladas, o que pode ser feito através da ingestão de Bcaa.

De acordo com um estudo feito por pesquisadores da Universidade de Nagoya, Japão, a suplementação com Bcaa antes da atividade física, diminui a quebra das proteínas do tecido muscular. Ainda de acordo com o mesmo estudo, a leucina estimula considerável a síntese de proteínas nos músculos.

Outro benefício oferecido por estes aminoácidos é o aumento da imunidade. A prática afiada exercícios podem reduzir o sistema imunológico do indivíduo – isto é devido à diminuição da circulação de glutamina, um aminoácido de grande importância para o perfeito funcionamento do sistema imunológico. Este quadro pode ser revertido através da suplementação com BCAAS. É o que atesta uma pesquisa realizada por cientistas da American College of Sports Medicina.

Os formulários

Os suplementos a base de Bcaa pode ser encontrada em três formas:

Cápsulas: são os mais tradicionais, e tendem a apresentar uma concentração de 300mg para 800mg de Bcaa por unidade.

Comprimidos: pode conter concentrações maiores, chegando até a dose de 2000 mg em cada um.

Pó: esta opção é adequada para quem precisa de uma maior ingestão, é misturado com água e tem uma grande concentração de BCAAs.

Quantidade por dia

Recomenda-se 0,2 g por kg de peso corporal. No entanto, como boa parte dos aminoácidos de que precisamos é fornecido com a dieta adequada e Whey Protein traz alguns gramas de Bcaa em sua composição (é comum combinar a ingestão de um suplemento com Proteína de Soro de leite), foi estabelecido que uma dose de 4 a 8g ao dia, para aqueles que fazem exercício físico intenso.

Apesar desta recomendação, é essencial que um nutricionista seja consultado. Este profissional saberá como definir com maior precisão a dose de que é a mais adequada, tanto deste como de outros suplementos.

Como escolher

– Dar preferência a uma marca de confiança. Fique atento com as alternativas de contrafacção e importados ilegalmente.

– Priorizar aqueles em que o nível de concentração corresponde ao valor estabelecido para o consumo diário.

Dicas de admissão

Consumir:

– antes do treino, para aumentar o rendimento;

– depois dele, a fim de parar o catabolismo;

– e durante o dia para diminuir ao máximo a perda de massa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

De volta para Blog

×