BCAA é indicado para quem busca hipertrofia

De volta para Blog
BCAA é indicado para quem busca hipertrofia

BCAA é indicado para quem busca hipertrofia

Entender como este suplemento age no corpo, o que é e como tomar.

BCAA é a sigla para “Branch Chain Amino Acids” que significa “aminoácidos de cadeia ramificada”. Mas talvez isso ainda não faz muito sentido para você, não é? Assim, para ajudar você a entender melhor o que é, o que é, quais são os efeitos e como tomar o BCAA, conversamos com a Dra. Thatiana Ferreira, nutricionista, esportes, funcional e ortomolecular, parceiro do Madrugão Suplementos.

Segundo explica a nutricionista, o BCAA é muito popular para aqueles que buscam a hipertrofia. “BCAA é a combinação de 3 aminoácidos essenciais de cadeia ramificada: leucina, isoleucina, e valina. Os aminoácidos são os componentes principais na síntese de proteínas, o que a torna essencial para quem busca a hipertrofia muscular. Alguns estudos recentes apontam ainda como eficiente anti-catabólico. A leucina é um dos componentes do BCAA também está sendo estudada pela sua importância na liberação do hormônio GH”.

A título de informação, o GH é conhecido como hormônio de crescimento, que tende a diminuir quando o indivíduo atinge a fase adulta. Apesar de ser secretada em níveis baixos no adulto, o GH ainda está presente e está vinculada a fatores tais como a prática de atividade física e a alimentação.

A ação e os efeitos do BCAA no corpo

 

Você provavelmente sabe que seus músculos precisam de proteína, especialmente pós-treino, para recuperar o microrroturas, que ocorrem após o esforço físico, especialmente para os praticantes de musculação, e construir um novo tecido para o crescimento muscular. E é exatamente neste momento que entram os aminoácidos, de acordo com a Dra. Thatiana Ferreira.

“Os aminoácidos são os tijolos da proteína. Isto é, quando o nosso corpo precisa de proteína para reconstruir as fibras musculares danificadas durante a atividade física, o RNA mensageiro é responsável pela formação de proteínas dentro das mitocôndrias da célula, ele irá solicitar a códons de aminoácidos para sintetizar uma proteína nova, e assim recuperar as fibras lesionadas. E leucina, isoleucina e valina, são alguns desses importantes aminoácidos que ainda tem algo mais importante, o nosso organismo não pode sintetiza este aminoácido, tornando-se crucial para a sua suplementação e dieta o consumo”.

Mas existem algumas contra-indicações e efeitos indesejados em caso de excesso ou de consumo inadequado deste suplemento alimentar. “O excesso de qualquer um aminoácido pode causar danos ao corpo. Seu consumo em
doses altas podem causar stress nos rins, devido à sua quebrar a nível do estômago, causando desconforto e náuseas. Se não for bem prescrito e dirigido por um profissional pode causar sérios problemas, resultando na formação de pedras nos rins, devido ao excesso de amônia nos rins”, adverte a nutricionista.

Para quais perfis de pessoas, o BCAA é indicado?

 

Será que os BCAA pode ser usado tanto por quem quer perder peso e ganhar massa magra? Esta é uma pergunta muito comum entre os patronos da academia, e muito válido. Afinal, toda e qualquer suplementação deve ser ligado com o objectivo de o indivíduo.

Embora ele não é um suplemento de alto valor calórico, o BCAA não é indicado para pessoas que estão tentando perder peso, de acordo com a Dra. Thatiana Ferreira. “Os BCAA estimulam a produção de insulina, que é um hormônio extremamente anabólico, por esta razão, não deve ser consumido por pessoas que buscam a perda de peso. Mas atenção, não é um suplemento com alto teor calórico”.

Para aqueles que buscam a hipertrofia muscular, de acordo com a nutricionista, este suplemento é muitas vezes indicado. “O BCAA tem um papel muito importante na recuperação de lesões musculares, formadas durante um treino de musculação. Por esta razão, recomendamos o uso deste suplemento para praticantes de musculação que buscam a hipertrofia, e para os praticantes de resistência, devido à sua potente anti-catabólico”.

Qual é a forma correta de tomar o BCAA: o montante, a periodicidade e os melhores momentos?

 

Agora que você já sabe para que e para quem serve, outra dúvida muito comum em todo o BCAA é a maneira correta de tomar este suplemento. É melhor pré ou pós treino? Qual a quantidade? Veja a resposta da nutricionista Thatiana Ferreira:

“No pós-treino, o BCAA, bem como qualquer outro aminoácido essencial, contribui para o aumento na síntese de proteínas, a restauração e aumento muscular para o próximo treino. Além disso, o BCAA melhora os níveis plasmáticos de glutamina para recuperação pós-treino. Quando suplementadas no pré-treino termina fazendo com que o hormônio serotonina, que circulam na corrente sanguínea e, assim, diminuir a percepção do esforço, contribuindo para o aumento da carga de treinamento de força e melhorando a resistência treinamento de resistência. Alguns estudos relatam a efetiva suplementação de leucina na noite do tempo, isso contribuiria para a síntese do hormônio GH”.

Em relação a quantidade a nutricionista explica: “atualmente, para os praticantes de musculação com treino intenso, o padrão de prescrição de BCAA mais utilizado é a recomendação de BCAA de 0,20 g/Kg, e este pode variar de acordo com a dieta e outros suplementos que contenham BCAA'”.

É sempre importante enfatizar que, independentemente de qualquer que seja o seu conhecimento sobre os suplementos, é fundamental contar com a ajuda de um médico ou nutricionista. Somente esses profissionais são capazes de indicar a quantidade e tipos de suplementos de dieta ideal para cada pessoa e para cada finalidade diferente, tendo em vista que cada organismo reage de uma forma diferente.

Acompanhe sempre nossas dicas aqui, no Madrugão Suplementos, e cuidar de si!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

De volta para Blog